As metodologias modernas de inovação e startups são todas orientadas a ação. Elas pregam que o caminho para termos insights e descobrir qual a melhor forma de atender os clientes é através do contato direto. Durante muitos anos as grandes empresas se acostumaram a criar interfaces entre seus profissionais e os clientes. Esta maneira fria e distante de enxergar a peça mais importante do tabuleiro fez com que o ritmo de inovação se tornasse muito mais lento. Preciso saber como estou indo no mercado? Compro um report. Preciso saber o que eu preciso fazer no meu produto? Contrato uma consultoria. E se ninguém tiver estas respostas? Acredito que a chave para descobrir coisas sobre nossos clientes vêm de contato direto e dados gerados pelo seu comportamento. É a partir daí que podemos começar a desenhar hipóteses. Vamos pegar o telefone e ligar para o cliente?